DICAS PARA UM FINAL DE SEMANA NA CIDADE DE SOCORRO, INTERIOR DE SÃO PAULO

Portal da cidade - Socorro-SP

Socorro é uma cidade do interior de São Paulo e fica a 130 km da capital. De relevo montanhoso, é uma cidade agradável.

Como chegar em Socorro

Caminho a partir de São Paulo - Rodovia Fernão Dias, passa por um pedágio R$ 1,40, entra na cidade de Bragança e aí é só seguir as placas.

Nos dois portais da cidade, indica que há Informação Turística, mas não tinha ninguém de sexta feira a domingo. Seguimos para o centro da cidade e entramos no Café e Cia (Rua Marechal Deodoro, 22). A simpática proprietária, dona Silvana, passou informação sobre a cidade, bem como nos deu o único mapa que ela tinha.



Centro de Socorro-SP
Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro  - Praça da Matriz
Cenas de Socorro - SP
Casarões preservados - Socorro-SP
Com o mapa na mão, decidimos visitar alguns pontos turísticos. Socorro é uma ótima cidade para
viagem em família, pois há alguns parques com esportes radicais (para crianças/jovens) e grandes hotéis com piscinas e pensão completa. Fomos até a entrada de um parque, mas não é o tipo de passeio que gostamos.

No retorno do caminho turístico do Rio do Peixe, paramos para ver este homem fazendo cestos. Ele nos disse que faz cada cesto em 40 minutos. Muita habilidade!


Na cidade há uma feira permanente de malhas.  Fomos conferir, mas achamos caro.

Aproveitamos para almoçar no restaurante Sal e Pimenta (Shopping Moda Loja de Fábrica), que apesar de ser "por quilo", a comida é bem saborosa. Tomamos um gostoso café no Doce Arte Café.
Seguimos ao Mirante do Cristo, onde há uma linda vista.

Visto do Mirante do Cristo - Socorro-SP
Observamos que a cidade tem preocupação com cadeirantes e idosos. Há muitas vagas reservadas e na maioria dos pontos turísticos existem placas. No Mirante do Cristo está sendo instalado um elevador. Ponto para cidade.


Hora de ir para o hotel reservado. Sempre pesquiso muito ao escolher um hotel, levo em conta a opinião dos hóspedes.  Desta vez a surpresa não foi boa.

O hotel estava em obra, com trator e  betoneira a todo vapor até as 18h de sexta-feira. Além de funcionários discutindo sobre escala na nossa frente. É um absurdo receber hóspedes nestas condições, no mínimo deveria haver um comunicado no site do hotel informando sobre a obra.

O quarto é bom e limpo, mas falta cuidado. Falta arandela, suporte de toalha, pedaço do gesso ao redor da lareira. Toalhas de banho "finas"de tanto uso e roupas de cama puídas. Sem charme. A piscina aquecida estava com capa e para embelezar um rodo enorme largado em um canto. Os funcionários são gentis, mas não sabem muito sobre os pontos turísticos. Mapa da cidade também não havia no hotel.  Enorme decepção.

Por do sol do hotel
A noite fomos ao Restaurante Lubeck, comemos um mix de bolinhos, que estavam divinos. O atendimento é ótimo.

Lubeckbar - Socorro-SP
Queríamos conhecer os dois principais bares da cidade, então seguimos para o Jota Bar . A garçonete sugeriu a  linguiça na cachaça, que é uma delícia.

Jota Bar - Socorro - SP
Para terminar a noite, havia uma festa na igreja próxima a pousada, onde tinha uns violeiros tocando e cantando. Divertido!

Festa Santa Rita de Cassia - Socorro-SP
Festa Santa Rita de Cassia - Socorro-SP
No dia seguinte fomos caminhar até o Laticínio Tradição do Campo (Estrada dos Sonhos, Km 4,5) que faz bons queijos.

Pelo caminho:





Ao lado do laticínio há um bar e lá paramos um pouco, conversamos e o Re experimentou a cachaça Alpi, que segundo o dono do bar é a melhor de Socorro.


Decidimos visitar o Alambique Alpi (Caminho da Pompéia, Km 3- Bairro do Barrocão, fones: (19) 9674-6318 ou 9641-9298.

Até eu que não bebo experimentei a cachaça e ficamos proseando por um tempão, muito bom conhecer pessoas.

Alambique Alpi - Socorro-SP
No caminho, paramos  na Pousada Pompéia que é nova,  com quartos pequenos e bonitos. O atendimento é ótimo. Se você foge dos grandes hotéis e da pensão completa, esta é uma boa opção.

Pousada Pompéia - Socorro - SP
Pousada Pompéia - Socorro - SP
O almoço foi no Restaurante Marchetti, comemos um delicioso bife a parmegiana.

Cidade de Pedra Bela, interior de São Paulo



Domingo, dia do retorno e decidimos sair cedo e passar na cidade de Pedra Bela, que é pequenina e muito bonitinha.

Nesta cidade há a maior Tirolesa das Américas com 1900 metros de extensão. Do portal da cidade, se compra o passeio com seguro no valor de R$ 40,00 por pessoa (aceita cartão de débito), que inclui o transporte por vans até a Pedra Bela de onde se desce pela tirolesa. Neste local são instalados os equipamentos de segurança, bem como são passadas as orientações. Os funcionários são sérios e profissionais, isto nos dá uma certa tranquilidade.

Nos animamos. Confesso que estava com muito medo. Já fiz rafting, rapel e até saltei de paraquedas, mas hoje tenho mais medo, acho que é a idade kkkk.

Haviam outros grupos na nossa frente, então aproveitamos para conhecer a  pequena cidade.

Pedra Bela - SP

Igreja Matriz - Pedra Bela-SP
Pedra Bela - SP
A cidade é toda organizada, limpa e as placas das ruas são bonitas.

Pedra Bela - SP
 As casas são pintadas e a escola é super arrumada.

Pedra Bela - SP
Hora do salto, agora não tem como fugir.




Agora vai....

O melhor é sair correndo, mas congelei e não conseguia dar um passo, mas o maridão corajoso puxou e tive que acompanhá-lo.   Muito medo e de repente você está voando, é muita velocidade e emoção.


Fui....



Chegando. Ufa!!!


Experiência única, vale a pena!

Para finalizar, almoçamos no Restaurante Muvuca Caipira (Rodovia José Bueno de Miranda, Km 10), lugar simples com comida caipira. Eu não gostei muito, mas na hora da fome....

Restaurante Muvuca Caipira - Pedra Bela- SP








2 comentários

  1. Ai que bom que achei o seu blog!
    Estou indo pra Socorro semana que vem e encontrar opiniões e dicas ajuda bastante.
    Obrigada por dividir conosco sua experiência e parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  2. Nycolle
    Desejamos que você tenha bons momentos em Socorro.
    Obrigada pela visita.
    Abraços

    ResponderExcluir