TIRADENTES - TREKKING NA SERRA DE SÃO JOSÉ

Enamorados com o pôr do sol
Este trekking foi tão, mais tão bom que resolvemos fazer um post para contar esta fantástica experiência.

Não é segredo que gostamos muito de caminhar. Para todo canto que viajamos, se é possível, fazemos um trekking. E desta vez não foi diferente. Por acaso passamos em frente da Uai Trip, entramos, conhecemos os simpáticos donos (Cris e Dalton) que nos apresentaram o trekking para ver o pôr do sol na Serra de São José.  Vimos fotos e apesar do preço ser um pouco salgado, conversa daqui e conversa dali, acabamos fechando.



No dia seguinte saímos às 15h30 da porta da Uai Trip com o superguia Haroldo que nos conduziu brilhantemente com muita segurança, conhecimento e extrema simpatia.

É um trekking fácil (+ - 7 Km ida e volta).
Você caminha pela cidade até chegar na entrada da trilha: Reserva Libélulas da Serra de São José. Infelizmente, as libélulas estavam de férias. Caminhamos também pela Calçada dos Tropeiros que foi construída pelos escravos na época da corrida do ouro nos séculos XVII e XVIII.


Início da Trilha na Serra de São José

Antes de entrar na trilha, colocamos proteção para as canelas sobre as calças, pois é uma região onde há muitas cobras. Não vimos nenhuma, ainda bem!


Pela trilha na Serra de São José
             

No caminho o Haroldo vai explicando, contando histórias, mostra fotos e teve momento de brincadeira também.



Haroldo dando aula


Haroldo explicando


Hora da brincadeira. Não foi nada fácil para mim, tive ajuda do marido.


Já no alto da serra,  vimos uma vespa que capturou uma aranha.  Um verdadeiro espetáculo para os amantes da natureza (Re e Haroldo).


Serra de São José


Serra de São José - a vespa e a coitada da aranha

Neste ponto nos acomodamos em uma pedra e lá ficamos apreciando o magnífico pôr do sol. Nós fomos mais uma vez presenteados, pois o dia estava muito nublado e quando chegamos no topo, as nuvens se dissiparam. Coisa linda!!!


Pôr do sol na Serra de São José

Pôr do sol na Serra de São José

Momento de agradecimento

Quando o sol se pôs, fomos para o outro lado para aguardar a lua que não deu as caras. Nem por isso estragou o espetáculo. As estrelas foram aos poucos surgindo, o vento gelado  soprou e um silêncio profundo esteve presente. Momento mágico!


Anoitecer na Serra de São José

Retornamos pela trilha no escuro, com ajuda das lanternas.  Pelo brilho da luz da lanterna nos olhos das aranhas, o Horoldo avistava as "bichinhas"  de longe. Oh, olhar treinado!

Caminhar na mata e no escuro é uma sensação de total conexão com a natureza. Nós só temos que agradecer.

Muito obrigado Haroldo e Uai Trip por nos proporcionarem esta rica experiência.

Quer saber mais sobre esta linda viagem. Veja aqui

3 comentários

  1. Oi, Quenia. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia – Natalie

    ResponderExcluir
  2. Bom dia casal maravilhosos,

    Que bacana poder viajar através das imagens e relatos de seus passeios.

    Carlos Cruz
    Macapá-AP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carlos tudo bem? Estamos bem felizes em saber que você nos acompanha em nossas viagens por aí.
      Abraços
      Quênia e Reginaldo

      Excluir