PELOS ENCANTOS DE LISBOA

Padrão dos Descobrimentos

Lisboa foi o final de uma linda viagem de 20 dias. Fizemos o Caminho Primitivo até Santiago de Compostela e depois seguimos para Portugal, passando por Guimarães e Porto.

Não é nossa primeira visita a Lisboa ,  desta vez só curtimos a cidade sem lição de casa (quero visitar aqui e ali).

Lisboa está em obras, com inúmeros edifícios sendo restaurados. Muitos turistas e a cidade é uma alegria.


Lisboa - Bairro Chiado


Hospedagem em Lisboa


Quando decidimos que iríamos ficar em Lisboa, alugamos um apartamento pelo Booking. Os preços  estavam bem altos. Ficamos no bairro Alvalade  que é muito bom, oferece todos os serviços, mas é distante das atrações turísticas. Dez  minutos de metrô e você está  no Rossio ou Chiado. A diária custou aproximadamente 80 euros.

Gostamos do apartamento que é bem completinho, mas está precisando de alguns cuidados. O atendimento foi excelente e cordial. O único problema foi  a localização, apesar de não ser longe, nos obrigou a andar de metrô.

Faça sua reserva de hospedagem no Booking pela página do blog. Você não pagará nada a mais.











Dicas de restaurantes em Lisboa


Restaurante Túnel de Alfama - Rua dos Remédios, 132 - Alfama
Entramos para comer sardinhas com batatas cozidas e salada (menu do dia por 6,50 euros). O lugar é muito, mas muito simples e um tanto duvidoso. Estava lotado de portugueses, pessoas que trabalham na região. A comida estava boa e a sobremesa divina.



Restaurante Túnel de Alfama

Restaurante Tunel de Alfama


Restaurante Tunel de Alfama


Restaurante A Marítima do Restelo - Rua Bartolomeu Dias, 110 - Belém
Em Belém, por um acaso encontramos este ótimo restaurante frequentado por locais.  Bem familiar e com bom atendimento.  O marido pediu  arroz de garoupa (carro chefe da casa) e eu lulas. Infelizmente ou felizmente as lulas tinham acabado, decidi pelo bacalhau que estava maravilhoso. Foi nosso almoço de despedida!


Restaurante A Marítima do Restelo

Restaurante A Marítima do Restelo
Restaurante A Marítima do Restelo




Nossas andanças por Lisboa

Passamos uma manhã percorrendo as ruas de Alfama e por lá almoçamos.

Alfama-Lisboa

Alfama-Lisboa

Alfama-Lisboa

Alfama-Lisboa

Alfama-Lisboa

Saindo de Alfama pela Rua dos Remédios, eis que encontramos esta simpática portuguesa, dona Irmilinda. Papeamos e rimos muito. Ela não é a dona da Casa de Cafés Delícia, mas fez uma propaganda danada da Ginjinha (tipo de um licor da fruta da ginja). Nos disse que ali se vendia a melhor Ginjinha de Lisboa. Claro que o marido provou e aprovou.

Casa de Cafés Delícia - Alfama


De Alfama seguimos caminhando até o bairro Chiado que é super movimentado. Lá visitamos a Livraria Bertrand que é a mais antiga do mundo, inaugurada em 1732. Na rua ao lado estava acontecendo uma interessante Feira de Livros.

Feira do Livro em Chiado

Depois visitamos a Igreja de São Roque onde iria acontecer um casamento. Adoro uma cerimônia! Gostaríamos de ter assistido, mas a noiva demorou muito, mas muito mesmo. O padre foi até a porta, conversou com o noivo. Decidimos não esperar, seguimos nosso trajeto até o Miradouro São Pedro de Alcântara que  estava em reforma.

Igreja de São Roque - Lisboa

Do Miradouro caminhamos  até a beira do Rio Tejo para apreciar o pôr do sol, com uma paradinha em uma padaria para tomarmos um café acompanhado de um pastel de nata. Ai que saudades do pastel de nata!

Na orla é uma festa: música, pessoas curtindo, pescadores, crianças brincando e viva a vida!

Rio Tejo - Lisboa

Rio Tejo - Lisboa

Final da tarde em Lisboa

Final da tarde em Lisboa
O retorno foi pela Praça do Comércio e Rua Augusta.

Praça do Comércio

No caminho o lindo elevador Santa Justa

Elevador Santa Justa - Lisboa

Na Rua Augusta paramos na Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau para experimentar o milionário bolinho de bacalhau com Queijo Serra da Estrela. Lá é pastel e para nós é bolinho. Gostamos.


Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau

Finalizamos nosso dia na Feira de Comes e Bebes portugueses no Rossio. Comemos e fizemos comprinhas.

Feira no Rossio - Lisboa

Em nosso último dia, caminhamos pela orla, do Cais do Sodré até Belém. É uma pernada, mas também um belo passeio. Estava um calor danado, algumas pessoas caminhando, outras correndo e nós querendo tirar a roupa*r*, brincadeirinha. O Rê queria ficar sem camisa e eu de top. Como não vimos ninguém assim, nos comportamos.

Passamos pelas docas de Santo Amaro que é um belo lugar com alguns restaurante bacanas.

Docas de Santo Amaro - Lisboa



No caminho o maravilhoso prédio do MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia.

Ao lado do MAAT,  está o Museu da Eletricidade. Visitamos, já que por ser o primeiro domingo do mês a entrada foi gratuita. Gostamos muito!

MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia

O Museu da Eletricidade é bem interessante e interativo. Excelente passeio para adultos e crianças.

Museu da Eletricidade- Lisboa


Museu da Eletricidade- Lisboa

Do Museu da Eletricidade seguimos para o Padrão do Descobrimento e depois Torre de Belém. Não entramos em nenhum, pois as filas estavam enormes.



Torre de Belém - Lisboa

Da Torre de Belém, fomos almoçar e passamos na porta do Mosteiro dos Jerónimos que visitamos em 2015. Veja  Lisboa 2015.

Mosteiro dos Jerónimos - Lisboa

Não sei se vocês notaram, mas nós não gastamos nada com atrações turísticas e nos maravilhamos com Lisboa. Há comentários que Portugal é um país barato, não foi o que achamos, mas é seguro e lindo demais.


"Tudo o que é bom dura o tempo necessário para ser inesquecível."
Fernando Pessoa

Nenhum comentário