SEMANA SANTA NA CHARMOSA PARATY


Paraty
Esta viagem surgiu  após sabermos que havia Procissão do Fogaréu em Paraty e como não  é tão longe de São Paulo decidimos embarcar nessa. Nem preciso dizer que gostamos muito de manifestações religiosas e culturais.



Ao pesquisar sobre o destino o blog Uma Senhora Viagem tem mil dicas de Paraty, dê uma olhadinha!

Como chegar em Paraty

A histórica Paraty está localizada no litoral sul do estado do Rio de Janeiro.

De São Paulo são 268 km. Seguimos pela Rodovia Airton Senna, depois Carvalho Pinto, Dutra até Guaratinguetá e aí entramos sentido Cunha. Pegamos a linda estrada que liga Cunha a Paraty. É um encanto! Esta rodovia proporciona um belo passeio e está em ótimas condições.

A primeira parada foi no simpático Biroska Caipira, onde tomamos café e compramos queijo. Depois paramos no Lavandário que merece uma visita com calma. Não foi o nosso caso, mesmo assim, valeu a pena conhecer. Aqui conto como foi a visita.

Lavandário em Cunha

Melhor época para conhecer Paraty

Segundo Viaje na Viagem (que eu sou fã de carteirinha), a época seca é de junho a setembro, ótimo para os passeios de barco.

Hospedagem em Paraty

Apesar de termos rodinhas nos pés, esta foi a primeira vez que fechamos uma hospedagem  no Airbnb e foi uma experiência fantástica.

Ficamos em uma suite na charmosa casa da Sonia que nos recebeu de braços abertos. A casa está distante 10 minutos a pé do centro histórico.  Você quer saber como foi? Veja aqui.

Casa Cacau - Paraty


Nossos dias em Paraty

Primeiro dia (quinta-feira)
Chegamos na hora do almoço, nos hospedamos e aproveitamos para ir ao centro histórico em um dia que prometia não estar tão cheio de turistas.

Paraty

Caminhar de mãos dadas com o marido por suas ruas de pedras, contemplar seus casarios, tomar um cafézinho, comer uma queijadinha, enfim viver a vida com leveza. Assim foi a tarde pelo centro histórico.


Igreja Santa Rita de Cássia

Pelas ruas de Paraty

À noite seguimos para Igreja Matriz, pois à meia-noite saiu a Procissão do Fogaréu.

Igreja Matriz
As luzes do centro histórico apagaram e com tochas acessas caminhamos pelas ruas ao som das matracas. É um momento único que nos remete ao passado. Veja mais sobre a Procissão do Fogaréu.


Procissão do Fogaréu

Segundo dia (sexta-feira)

Um pouco de aventura: subimos o Pico do Pão de Açúcar no Saco do Mamanguá. Para subir o pico é preciso ir até a Praia do Cruzeiro, onde só se chega de barco.

Fomos até Paraty Mirim, distante 30 minutos de carro de Paraty.

Paraty Mirim

Depois um barco até a Praia do Cruzeiro.


A região é lindíssima e a vista do pico é esplendorosa. Veja aqui como foi este belo passeio.

Vista do Pico Pão de Açúcar

Sexta-feira à noite foi prá lá de especial, jantamos com o querido casal Paula e Flávio que conhecemos em um bloquinho de carnaval perto de casa. Conversa vai e vem sobre viagens e acabamos influenciando o jovem casal.  Pegaram um  gosto danado em curtir este mundão lindo viajando.  No instagram @ladylaura72, eles dão dicas de viagens, gastronomia e registram a  reforma do fusca 72.

Fomos ao Restaurante Catimbau (Praça da Bandeira, 1)  lugar simples com bom atendimento.

Pedimos o prato principal da casa - plancha de frutos do mar que vem peixe, camarões, polvo e anéis de lula (serve bem 2 pessoas). Achei bom, mas nada demais!

O simpático Sr Cacá, proprietário do restaurante, veio conversar conosco e contou um pouco da história do Catimbau.

Foto de Flávio Nascimento do @ladylaura72

Terceiro dia (sábado)

Dia de descanso. De carro seguimos em direção ao Rio de Janeiro com nossas cadeiras de praia e guarda sol. Fomos até a Prainha. O carro ficou estacionado na Praia Grande e pegamos uma pequena trilha de 300 metros para a Prainha. Ficamos algumas horas, mas a praia lotou, a maré subiu e aí partimos. Posso dizer que não encantou.

Prainha
Prainha

Final da tarde caminhamos com a Sonia  até a Praia do Pontal para vermos o nascer da  lua tão linda. Só agradecendo por tantos momentos especiais!

Praia do Pontal
No caminho da Praia do Pontal para casa esta imagem de Paraty à noite.

Paraty
Em nossa última noite o marido fez uns quitutes e ficamos em casa papeando com a Sonia.

Casa Cacau



Os lugares que visitamos são lindos, mas o melhor de uma viagem são as queridas pessoas que conhecemos. Obrigada Sonia por nos receber tão bem!

Tudo registrado para compartilhar com vocês mais esta bela viagem que tanto nos encantou.


Fechando as contas

Combustível - R$ 300,00
Pedágios -       R$   79,50
Hospedagem - R$ 404,59
Refeições + -   R$ 500,00
Barco ida e volta Praia do Cruzeiro R$ 150,00
Total - R$ 1.434,00







Um comentário

  1. Adoro seus posts pois me sinto viajando com vocês de forma leve. Programação ótima. Ando com vontade de conhecer o Saco do Mamanguá. Boa essa ideia de colocar os preços. beijocas e obrigada por colocar o meu blog.

    ResponderExcluir